quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

? (Diálogo mental)

-Tem alguma coisa pra falar?
-Sobre?
-Sobre tudo que aconteceu...
-Não.
-Mas eu tenho. Vai me ouvir?
-Vou.
-Ótimo. Sinto-me uma estúpida por um dia ter gostado tanto assim de você... tão infantil! Eu pensei em você pelo menos doze horas por dia e acho que isso chama desespero! Eu nunca quis te prender, repito. Só queria explicações... Entender o porquê de tantos nãos e ao mesmo tempo tanto mistério. É esse o jeito que me conquista e você sabe exatamente como fazer! O pior é pensar que isso um dia pode acabar, porque eu também não quero que o que sinto acabe. Você não diz logo o que pensa e me deixa sem saber o que pensar. Aí você volta assim, como até era previsto, mas de um jeito tão imprevisível. Eu quase desisti de vir, mas aqui estou, dizendo infinitas palavras enquanto você é tão calado e quieto como desde a vez primeira, me deixando agoniada por inteira, do jeito que você parece gostar. Nunca achei que foi perda de tempo esse tempo que perdi. Eu vivia na esperança de que você acabasse com esse sentimento tão inacabado, porque é isso que me incomoda... a falta de um beijo que me diga adeus, ou até mesmo só o adeus. Agora acaba comigo, diz que nunca sentiu nada e nem quer ser meu amigo. Me manda sumir da sua vida que eu só preciso de uma alternativa, aí o que sinto acaba de vez! Mas me explica aquela música, dada tão de repente e aquele segredo em forma de presente. Deixa de ser o que você é... e que me deixa louca. Ou então, você que sempre foi tão sincero, mente mais uma vez. Ou esquece tudo. Porque eu, que sempre colecioneis instantes, estou aqui para devolver à você todos os nossos!
-Impossível.
-Eu sei! E isso que é pior!
-É.
-Mas e você... por que diabos me chamou aqui?
-Pra te pedir em casamento.

3 comentários:

LuciDo disse...

Quantas rimas bem empregadas...
alguma coisa penso ja ter visto em outro lugar e muita coisa queria ter eu escrito
Parabens

LuciDo disse...

A propósito, o texto me falta o ar que vc comentou estava incompleto, agora ele esta na integra, favor conferir!

Lorraine disse...

Lu, sou sua fã :P